Coeuré: BCE está pronto para cortar mais os juros

O Banco Central Europeu (BCE) está pronto para reduzir mais as taxas de juros se a economia da zona do euro continuar a se enfraquecer, disse neste sábado (04) Benoît Coeuré, membro do conselho da instituição. "Sempre podemos cortar mais e deixamos isso claro", disse ele, em entrevista a uma rádio, dando a mais explícita confirmação da tendência de relaxamento do BCE desde a decisão de quinta-feira de reduzir a taxa de refinanciamento em 0,25 ponto porcentual, para a mínima histórica de 0,50%.

AE, Agência Estado

05 de maio de 2013 | 18h37

Coeuré afirmou que, apesar de "indispensável", dada a situação econômica, o corte "não foi suficiente". Ele frisou a necessidade de reformas estruturais "para que a redução nos juros beneficie as companhias, os funcionários e aqueles que procuram emprego".

Segundo ele, o BCE pode dar mais apoio à economia. "Vamos cortar os juros se novos indicadores confirmarem a deterioração da situação", disse. Coeuré também pressionou a França para fazer bom uso dos dois anos extras de prazo para que o país atinja a meta de déficit de 3% do Produto Interno Bruto (PIB). As informações são da Market News International.

Tudo o que sabemos sobre:
Benoît CoeuréBCEjuros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.