Colapso de ponte na China deixa ao menos 22 mortos

Acidente aconteceu quando os trabalhadores removiam o andaime da fachada; 46 estão desaparecidos

Reuters e Associated Press

13 de agosto de 2007 | 23h49

O colapso de uma ponte em construção no centro da China matou ao menos 22 pessoas na segunda-feira, 13. Segundo informações de um canal chinês de TV, 46 estão desaparecidas. Quatrocentos policiais foram enviados ao local para manter a ordem.   Veja também:  Vídeo   A agência oficial Xinhua disse que 64 pessoas foram resgatadas, incluindo 22 feridos quando a ponte caiu no rio Jiantuo na província de Hunan, bloqueando uma rodovia na hora do rush na segunda-feira. A causa do acidente ainda está sendo investigada.   O acidente acontece duas semanas depois do colapso de uma ponte em Minnesota, que aumentou a atenção em relação a infra-estrutura de transporte nos Estados Unidos. O colapso da ponte veio em um momento em que a imprensa estatal anunciou que o governo chinês irá consertar mais de 6 mil pontes danificadas ou perigosas em todo o país.   A ponte da região de Fenghuang tinha quatro arcos de pedra decorativos e estava programada para ser inaugurada no fim do mês, informou a Xinhua. O colapso aconteceu quando os trabalhadores removiam o andaime de sua fachada.   Cercada por montanhas e por campos de arroz, a cidade antiga de Fenghuang é um ponto turístico e é povoada pela minoria étnica Miao. É também famosa pelas construções tradicionais de casas demarcando o rio Tuojiang.

Tudo o que sabemos sobre:
CHINAPONTE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.