Colégio amish deve ser demolido nesta quinta-feira

O colégio amish, atacado por um homem que atirou contra 10 meninas semana passada, matando cinco delas, deve ser demolido nesta quinta-feira, de acordo com as informações dadas por Mike Hart, autoridade local. A escola irá funcionar temporariamente em uma fazenda, localizada em Nickle Mines, Pensilvânia.A demolição deve começar ao amanhecer e os escombros serão rebocados para um depósito de lixo. "A previsão é que o processo leve quatro horas", afirmou Hart. "A escola será demolida e o local voltará a ser um campo verde".O colégio foi atacado no dia 02 de outubro por Charles Carl Roberts, um homem de 32 anos que recolhia o leite de vacas produzido na comunidade amish e o levava a uma fábrica processadora. Após soltar 15 meninos e quatro adultos, entre eles uma grávida, Roberts atirou em 10 garotas e se suicidou em seguida. Ele estava armado com uma escopeta e uma pistola.Roberts não pertencia à comunidade amish. Antes de sair rumo ao colégio, deixou em sua casa uma nota de suicídio e uma carta a sua mulher e filhos na qual se refere a uma vingança que cometeria por algo ocorrido há 20 anos, episódio sobre o qual a polícia não forneceu mais informações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.