Cólera atinge mais de 80 mil no Zimbábue, alerta OMS

O número de casos diagnosticados durante um surto de cólera no Zimbábue chegou a 80.250, informou hoje em Genebra a Organização Mundial de Saúde (OMS). De acordo com os novos dados da OMS, a agência de saúde das Nações Unidas, o surto de cólera iniciado em agosto no país africano já matou 3.759 pessoas.Fdela Chaib, porta-voz da OMS, esclareceu que os dados abrangem todos os casos diagnosticados de agosto de 2008 até ontem. Segundo especialistas, a doença disseminou-se rapidamente pelo Zimbábue por causa da precária situação da infraestrutura social do país e do colapso do sistema de saúde.A cólera é uma doença gastrointestinal transmitida por meio de água contaminada e está relacionada a condições precárias de higiene, à superpopulação e à falta de sistemas adequados de saneamento. A doença pode ser tratada com relativa facilidade, mas provoca muitas mortes em países em desenvolvimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.