Colisão de aviões deixa 15 mortos na Índia

A colisão de dois aviões de transporte da Marinha indiana, durante as celebrações do aniversário da esquadra em Goa, na costa ocidental da Índia, deixou mortos 12 tripulantes e três pessoas em terra, no pior desastre aéreo da Índia envolvendo aoronaves militares. Os dois aviões, que voavam numa formação em paralelo, caíram após suas asas se chocarem em pleno vôo. Uma das aeronaves Ilyushin-38, de fabricação russa, atingiu um edifício em construção numa zona residencial e o outro caiu num campo.A bordo de cada um deles, viajavam seis tripulantes. Além dos 15 mortos, outros 15 trabalhadores da construção ficaram feridos, três deles em estado grave. As duas aeronaves, com capacidade para transportar 38 passageiros, participavam de uma demonstração aérea durante as comemorações do 25º aniversário de uma unidade da Marinha indiana. O evento também celebrava 30 mil horas de vôo sem nenhum acidente. O aeroporto de Panaji, de onde saíram os aviões, foi interditado após o acidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.