Colisão de barcos deixa ao menos 36 mortos em Hong Kong

Barco com 120 passageiros naufragou após colidir com balsa, que conseguiu chegar ao porto; passageiros iam para show de fogos.

BBC Brasil, BBC

02 de outubro de 2012 | 04h42

Ao menos 36 pessoas morreram na noite de segunda-feira após a colisão de duas embarcações em Hong Kong.

Dezenas de pessoas ficaram feridas e equipes de resgate ainda procuravam por desaparecidos na manhã desta terça-feira.

Um dos barcos envolvidos no acidente levava mais de 120 pessoas para ver um show de fogos de artifício.

A queima de fogos era parte das comemorações por um feriado de uma semana na China para marcar um festival de outono e a data da proclamação da República.

A segunda embarcação envolvida no acidente conseguiu voltar ao porto sem danos graves. Apenas alguns passageiros tiveram ferimentos leves.

Naufrágio rápido

A companhia de eletricidade Hong Kong Electric confirmou à BBC que era proprietária do barco que naufragou.

Ele levava funcionários e familiares para assistir aos fogos em Victoria Harbour, um dos pontos mais conhecidos da cidade.

A outra embarcação era uma balsa operada pela Hong Kong and Kowloon Ferry, com cerca de cem pessoas a bordo.

A colisão ocorreu por volta das 20h30 de segunda-feira (9h30 de Brasília). Segundo a correspondente da BBC em Hong Kong Juliana Liu, a baixa visibilidade e os obstáculos no mar podem ter dificultado a saída dos passageiros do barco naufragado.

Um passageiro relatou o ocorrido ao jornal local The South China Morning Post :"Após dez minutos de viagem, um barco bateu na parte de trás em alta velocidade. O barco... começou a afundar. De repente, eu estava dentro d'água".

"Eu nadei e tentei agarrar uma boia", afirmou o homem. "Não sei onde estão meus dois filhos."

Testemunhas disseram que a embarcação afundou rápido.

"Em dez minutos, o barco tinha afundado. Tivemos de esperar mais 20 minutos pelo resgate", disse outro homem.

O porto de Hong Kong é um dos mais movimentados do mundo, mas há poucos registros de acidentes com transporte de passageiros na região. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.