Colisão de trens deixa 14 mortos e 36 feridos no Paquistão

Acidente teria sido causado por falhas técnicas, mas imprensa divulga que causa foi negligência do motorista

Efe,

03 Novembro 2009 | 12h51

Acidente ocorreu próximo a Karachi, capital financeira do país. Foto: Reuters 

 

ISLAMABAD - Pelo menos 14 pessoas morreram e outras 36 ficaram feridas nesta terça-feira, 3, na colisão de dois trens, um deles de passageiros, no sul do Paquistão, segundo uma fonte médica.

 

O acidente aconteceu na localidade de Landhi, nos arredores de Karachi, capital financeira do país, quando um trem de passageiros se chocou com um comboio de mercadorias supostamente por causa de uma falha técnica.

 

No entanto, alguns meios de comunicação paquistaneses disseram que o acidente ocorreu devido à negligência do motorista do trem de passageiros, que não observou um sinal de trânsito.

 

Entre as vítimas há várias mulheres e crianças e os feridos foram transferidos a um hospital próximo. As equipes de emergência trabalharam durante horas para resgatar dezenas de pessoas presas nas ferragens.

 

O primeiro-ministro paquistanês, Yousuf Raza Gillani, enviou suas condolências às famílias das vítimas e ordenou a abertura de uma investigação para esclarecer o ocorrido.

Mais conteúdo sobre:
Paquistão colisão trem

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.