Colisão de trens mata 22 pessoas na Índia

Equipes do Exército e autoridades civis se uniram para operação de resgate no norte do país.

BBC Brasil, BBC

21 de outubro de 2009 | 11h27

Uma colisão entre dois trens de passageiros na cidade de Mathura, no norte da Índia, deixou 22 mortos e mais de 20 feridos.

Um funcionário ferroviário afirmou que um dos trens, o Expresso Mewar, estava parado em um sinal vermelho quando o Expresso de Goa bateu na parte de trás pouco antes das cinco horas da manhã (horário local).

De acordo com o correspondente da BBC em Nova Déli, Sanjoy Majumder, o último vagão do Expresso Mewar teria sido praticamente destruído.

As equipes de resgate tiveram que usar maçaricos para entrar no trem pelas janelas e retirar os passageiros presos dentro do vagão. Cerca de 22 pessoas foram levadas para o hospital local.

As autoridades afirmaram que a operação de resgate já acabou e todos os nomes dos passageiros já foram conferidos.

Equipes do Exército foram enviadas ao local e se juntaram às equipes civis de resgate para a retirada dos passageiros do local da colisão.

As causas da colisão ainda são desconhecidas. O ministro das Ferrovias, Mamata Bannerj, anunciou o início de um inquérito.

A rede ferroviária do país, que é estatal, forma uma imensa rede que liga todos os cantos da Índia, operando 9 mil trens de passageiros e transportando 18 milhões de pessoas diariamente.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
índiatrenscolisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.