EFE/EPA/STRINGER
EFE/EPA/STRINGER

Colisão entre dois trens deixa dezenas de mortos e feridos no Egito

Ambos os trens andavam sobre o mesmo trilho, seguindo na mesma direção, quando os freios de emergência da locomotiva que estava na frente foi acionado; dois vagões ficaram destruídos e um terceiro capotou, segundo fontes locais

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de março de 2021 | 10h44

CAIRO - Uma colisão entre dois trens de passageiros na manhã desta sexta-feira, 26, deixou pelo menos 32 mortos e 66 feridos no departamento de Sohag, no sul do Egito. O número de vítimas foi informado pelo Ministério da Saúde do país africano e relatado pela AFP.

O acidente aconteceu na cidade de Tahat, localizada 460 km ao sul do Cairo. De acordo com as autoridades ferroviárias do país, os dois trens trafegavam sobre os mesmos trilhos, cumprindo rotas na mesma direção, quando os freios de emergência de locomotiva que seguia a frente foram acionados. O segundo trem não conseguiu freiar e bateu na traseira do primeiro.

Um vídeo filmado perto do local do acidente e divulgado pela imprensa local mostra diversos vagões tombados. A ministra da Saúde, Hala Zayed, vai viajar até o local do acidente e a Ministério Público anunciou a abertura de uma investigação para determinar as causas.

"Os trens colidiram enquanto se deslocavam a uma velocidade não tão alta, o que levou à destruição de dois vagões e ao capotamento de um terceiro", disse uma fonte do setor de segurança à Reuters.

O Egito registra muitos acidentes rodoviários e ferroviários, provocados por falta de respeito às regras de trânsito, veículos antigos e estradas e ferrovias em péssimo estado. Em 2002 aconteceu a maior tragédia ferroviária da história do país, quando um incêndio em um trem matou 370 pessoas no sul do Cairo./ REUTERS E AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.