Colisão entre navio e cargueiro deixa 80 feridos na Itália

Quatro pessoas morreram no choque entre um navio com 151 passageiros a bordo e um cargueiro no estreito de Messina, que separa as regiões italianas da Sicília e Calábria. O acidente, ocorrido a uma milha e meia do litoral da Calábria, deixou cerca de 80 feridos, três deles em estado muito grave, entre os passageiros do navio Segesta Jet, da Companhia de Transporte Marítimo e Ferrovias do Estado.No fim da tarde desta segunda-feira, a embarcação se chocou contra o cargueiro Susan Borchard, com bandeira da ilha caribenha de Antígua e que cruzou o caminho do outro navio, segundo as primeiras versões. Na colisão, a parte mais afetada do Segesta Jet foi aquela em que fica a cabine de comando do navio, onde se encontrava aTripulação.As vítimas fatais do acidente são o comandante da embarcação, Sebastiano Mafodda, 54 anos; o diretor da sala de máquinas, Marcello Sposito, 41; Lauro Palmiro, 50; e Domenico Zona, 42. Os corpos dos dois primeiros foram achados entre as ferragens do navio. Os outros dois cadáveres foram achados no mar pela Guarda Costeira, horas depois do acidente.Os passageiros contaram que, após o choque, um incêndio provocou cenas de pânico. Algumas pessoas se jogaram no mar com medo de que o barco afundasse.O Ministério de Transpores da Itália, a Promotoria de Messina e a Companhia de Transporte Marítimo e Ferrovias do Estado abriram investigações para esclarecer as causas da colisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.