Colômbia autoriza consumo de dose mínima de droga

O consumo da chamada dose pessoal de drogas, que era proibido na Colômbia, deixou de ser uma contravenção depois que Corte Constitucional derrubou a norma que o penalizava. A sentença, divulgada pela imprensa local, obriga o congresso a legislar novamente sobre o tema. A decisão tira automaticamente das autoridades o poder de punir as pessoas que sejam encontradas consumindo ou portando doses mínimas de entorpecentes ou substâncias que provoquem dependência química.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.