Colômbia convida Bruce Willis para visitar o país

O ator norte-americano Bruce Willis, depois de dizer na semana passada que o Exército dos Estados Unidos deve "ir à Colômbia e fazer o que for necessário para acabar com o tráfico de drogas", foi convidado pelo embaixador de Bogotá a visitar o país sul-americano. Em uma carta enviada pelo embaixador de Bogotá em Washington, Andrés Pastrana, Bruce Willis foi convidado para visitar a Colômbia "não apenas para que conheça um dos países mais belos do mundo, mas também para que veja como 44 milhões de cidadãos travam diariamente uma guerra contra o tráfico de drogas". "Entendo e compartilho suas preocupações com relação ao tráfico de drogas", disse Pastrana na carta divulgada pela embaixada. No entanto, lembrou o ator de que a "Colômbia, onde você e seus filmes têm milhões de fãs, é um país democrático e moderno". Além disso, o próprio governo norte-americano reconheceu o papel da Colômbia como um sólido aliado dos Estados Unidos na luta contra as drogas. "A cada dia os colombianos, com a cooperação internacional, lutam contra o tráfico de drogas. Estamos certos de que nossos esforços continuarão dando frutos, e por isso não é preciso ´ir à Colômbia e fazer o que for necessário para acabar com o tráfico de drogas´", diz a nota.

Agencia Estado,

11 Março 2006 | 11h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.