Colômbia extradita chefe das Farc para os EUA

A Colômbia extraditou hoje para os Estados Unidos o chefe guerrilheiro Simon Trinidad, que estava detido. Trinidad, o mais importante guerrilheiro colombiano a ser entregue aos EUA, é acusado de tráfico de drogas pela Justiça americana. O presidente Alvaro Uribe tentou trocá-lo por 59 pessoas seqüestradas pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) entre as quais três americanos e um alemão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.