Colômbia extradita "rei da heroína" para os EUA

O serviço secreto da Colômbia (DAS) extraditou ontem para os Estados Unidos o italiano Angelo Ferrario, considerado pelas autoridades dos dois países o "rei da heroína", informou neste domingo a direção da DAS. Outros dois traficantes, os colombianos José Morales García, acusado de matar um policial americano em Nova York, e Luz Ruíz Roldán também foram extraditados. Ferrario é acusado pelos EUA de ser o chefe dos cartéis de heroína na Colômbia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.