Colômbia: Farc libertam os últimos dez reféns militares

A guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) libertou no final da tarde desta segunda-feira seus dez últimos reféns militares, informou Socorro Gomes, presidente do Conselho Mundial de Paz e ex-deputada federal brasileira, que participou das negociações. Segundo ela, os reféns foram libertados e chegarão em 45 minutos ao Aeroporto Vanguardia, em Villavicencio, no departamento (Estado) colombiano de Meta, onde são esperados por ativistas e familiares. Os reféns foram resgatados por um helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB) e pela Cruz Vermelha.

ANDRÉ LACHINI (AE), Agência Estado

02 de abril de 2012 | 19h01

"Todos os 10 foram libertados e eles chegarão ao aeroporto em 45 minutos. É um passo importante para a paz na Colômbia e na América Latina", disse Socorro Gomes. Ela disse que os dez militares libertados aparentam estar em boas condições de saúde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.