Colômbia faz baralho com guerrilheiros procurados

A infantaria da Marinha colombiana produziu um baralho com os rostos dos principais chefes guerrilheiros que operam no norte do país. "Já capturamos alguns procurados que estão nas cartas. Estamos indo muito bem", disse o comandante da 1ª Brigada de infantaria da Marinha, coronel José Leonidas Muñoz. O baralho foi inspirado na ação do Exército americano no Iraque.Nas cartas há imagens de comandantes regionais das Farc, do Exército de Libertação Nacional (ELN) e do Exército Revolucionário do Povo (ERP). O governo planeja distribuir o baralho entre a população na região de Montes de Maria, no departamento de Bolívar, situada 500 quilômetros ao norte de Bogotá.Outras campanhas, com o objetivo de conseguir a desmobilização de guerrilheiros e paramilitares, estão sendo desenvolvidas pelo governo. Uma delas, apela, inclusive para a imagem de mulheres atraentes e voluptuosas que incitam, segundo o Exército, à deserção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.