Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Colômbia fecha acordo com controladores de voo

O governo da Colômbia chegou a um acordo com controladores de voo para evitar um impasse que forçou a companhia aérea Avianca a cancelar quase 150 voos nos últimos cinco dias, frustrando milhares de passageiros. O chefe da autoridade de aviação civil (Aerocivil), Santiago Castro, disse a uma emissora local nesta segunda-feira que o acordo foi fechado por volta da meia-noite do domingo. Com isso, os voos por todo o país imediatamente retornarão ao normal.

GABRIEL BUENO, Agência Estado

20 de fevereiro de 2012 | 10h58

Os controladores de tráfego aéreo, que são funcionários públicos, realizavam uma "operação tartaruga" nas últimas semanas, trabalhando mais devagar ou com vários deles dizendo que estavam doentes ao mesmo tempo, a fim de pressionar o governo a elevar seus salários e contratar mais pessoal. Os controladores colombianos dizem estar sobrecarregados e ganham mal nos últimos anos, período em que a economia em expansão do país levou a um forte aumento no tráfego aéreo.

A Avianca, responsável por quase a metade do tráfego aéreo na Colômbia, cancelou em média quase 30 voos domésticos ao dia desde a quarta-feira. Nenhum voo internacional foi afetado. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Colômbiacontrolador de voo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.