Colômbia nega reunião com Farc em Manaus

O governo colombiano negou que a reunião com a ONU e guerrilheiros das Forças Armadas da Colômbia (Farc) esteja marcada para a segunda quinzena de outubro, em Manaus, no Brasil, como afirma o jornal El Tiempo, considerado o mais importante periódico naquele País. Em nota divulgada hoje, o governo colombiano afirma que a ONU comunicou ao presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, que não houve avanços concretos para eventuais conversações com os guerrilheiros das Farc. Segundo a nota, o presidente colombiano reafirmou seu desejo de que a ONU faça gestões proveitosas e com total sigilo para que esse encontro venha a ocorrer. Uribe participa de reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no Hotel Santa Clara. Participam também do encontro os ministros da Defesa, José Viegas, das Relações Exteriores, Celso Amorim, e da Agricultura, Roberto Rodrigues. Logo mais, o presidente participará da sessão comemorativa dos 40 anos da Organização Internacional do Café.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.