Colômbia prende 14 guerrilheiros na fronteira com o Panamá

12 dos detidos pertencem ao Exército Revolucionário Guevarista e dois às Farc

Agencia Estado

15 Junho 2007 | 02h48

Tropas do Exército colombiano prenderam 14 supostos guerrilheiros em uma operação no estado de Chocó, que faz fronteira com o Panamá, informaram no domingo, 10, porta-vozes oficiais. A 15ª Brigada do Exército colombiano informou em comunicado que 12 dos detidos pertencem ao Exército Revolucionário Guevarista (ERG) e dois fazem parte das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). O Exército Revolucionário Guevarista é uma dissidência do Exército de Libertação Nacional (ELN) e baseia sua ação no seqüestro, na extorsão e em atos terroristas contra a população civil, segundo autoridades colombianas.

Mais conteúdo sobre:
Colômbia Farc guerrilheiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.