Colômbia promove mudanças no gabinete

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, anunciou mudanças em seu gabinete nesta quinta-feira para tentar conter a greve dos agricultores, que fez com que o seu índice de aprovação caísse para 21%.

AE, Agência Estado

06 Setembro 2013 | 05h17

Santos confirmou a substituição de cinco dos 16 ministros de seu gabinete, incluindo o ministro da Agricultura, Francisco Estupinan, e o responsável pela pasta do Interior, Fernando Carrillo. Ambos lideraram os esforços do governo nas últimas semanas para acabar com a greve dos pequenos agricultores, que exigem isenções fiscais e subsídios governamentais.

Ruben Dario Lizarralde, ex-empresário no setor agropecuário, assumirá o ministério da Agricultura, enquanto Aurelio Iragorri, que serviu como um conselheiro de Santos, comandará o ministério do Interior. Outras mudanças também incluíram os ministérios do Meio Ambiente, das Minas e Energia e da Justiça.

As mudanças ocorrem em um momento em que Santos quer renovar a sua administração antes de anunciar a sua candidatura à reeleição em 2014. Na quarta-feira, um levantamento do instituo Gallup apontou que Santos tem 21% de aprovação, 27 pontos porcentuais abaixo da pesquisa realizada em junho.

Seu governo tem se esforçado para atender as demandas dos agricultores, que continuam a bloquear as principais estradas do país, deixando várias cidades isoladas.

Os índices de popularidade diminuíram drasticamente no mês passado, já que os colombianos desaprovam a forma como ele lidou com a greve no setor agrícola. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
colômbiapolíticagabinete

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.