Colombianos detêm acusados de ligação com as Farc

Agentes do Departamento Administrativo de Segurança da Colômbia (DAS, órgão de inteligência estatal), detiveram seis pessoas acusadas de manter relações com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e de extorsão.Um comunicado de imprensa do DAS informou que as detenções foram realizadas em Arauca e Cúcuta, capitais dos departamentos (estados) de Arauca e Norte de Santander, próximos à Venezuela, e em Bogotá.O documento assegura que as investigações permitiram estabelecer que essas pessoas extorquiam em nome das Farc e eram responsáveis por parte das finanças da 10ª Frente da organização.A chamada operação "Fortaleza" é resultado de outra realizada esta semana e que permitiu a captura de 16 pessoas em Bogotá e em Villavicencio (centro), acusadas do seqüestro de 57 pessoas.A rede, segundo as fontes, pertencia à Frente 53 das Farc, uma das mais ativas facções dedicadas ao seqüestro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.