Colonos começam a negociar indenização para deixar Gaza

O governo de Israel começou a negociar com os colonos judeus da Faixa de Gaza e de pequenos assentamentos da Cisjordânia o pagamento de uma compensação para que deixem as áreas construídas em terras palestinas, informou o advogado dos assentados. A negociação faz parte de um plano unilateral israelense de retirada que alimentou uma disputa de poder entre facções palestinas.Com o plano unilateral israelense seguindo adiante, o primeiro-ministro da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Ahmed Korei, começou a exercer seu poder sobre um ramo das forças de segurança - parte de uma concessão feita pelo líder palestino Yasser Arafat depois de um impasse de dez dias que paralisou a ANP.Na Faixa de Gaza, tanques e veículos agrícolas israelenses bloquearam uma rodovia e aplainaram campos de cultivo palestinos enquanto eram persistentemente atacados por moradores revoltados, disseram testemunhas. Não há informações sobre vítimas. O Exército israelense alegou ter protagonizado "uma operação minuciosa para destruir a infra-estrutura terrorista" na região próxima ao assentamento judaico de Netzarim, a poucos quilômetros da Cidade de Gaza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.