Colonos judeus atacam estudantes palestinos em Hebron

Colonos judeus do assentamento Havat Maon, localizado ao sul de Hebron, atacaram neste sábado estudantes palestinos a pedradas, informou a imprensa israelense. Os ataques aconteceram quando os jovens estavam voltando para casa, após assistirem às aulas.Os estudantes, que freqüentemente são alvos dos ataques dos colonos judeus mais radicais de Hebron, estavam sendo escoltados por soldados do exército israelense quando foram surpreendidos pelas pedradas. Dois soldados e quatro menores palestinos sofreram ferimentos leves. As tropas israelenses fizeram disparos para dispersar os agressores, que fugiram. Ninguém foi detido.Aproximadamente cinqüenta israelenses ativistas de esquerda e defensores dos direitos humanos se reuniram neste sábado na aldeia Khirbet Al-Tawani, onde está localizada a escola palestina, para ir até a aldeia de Umm-Tuba, onde moram os estudantes atacados pelos colonos. No entanto, o exército israelense impediu os ativistas de entrar na aldeia, que foi declarada área militar fechada.Os manifestantes conseguiram chegar a um acordo com o exército para que um médico pudesse entrar em Umm-Tuba para examinar uma das crianças palestinas que tinha sofrido contusões pelos ataques dos colonos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.