Com 66% de votos apurados, socialistas conseguem 72 cadeiras na França

Assentos se somam aos 22 que o partido já havia alcançado no domingo passado, no 1º turno das eleições

Efe,

17 de junho de 2012 | 17h56

PARIS - O Partido Socialista conseguiu neste domingo, com 66,66% dos votos apurados, 72 cadeiras na Assembleia Nacional francesa, às quais se somam as 22 que alcançou no domingo passado no primeiro turno das eleições legislativas, informou o Ministério do Interior.

Trata-se de dados ainda parciais divulgados meia hora depois do fechamento definitivo das urnas, às 20h locais (15h de Brasília), e que destacam também que a conservadora União por um Movimento Popular (UMP) elegeu 40 deputados.

Das 148 cadeiras confirmadas até o momento outras dez correspondem à coligação DVG, que aglutina pequenos partidos de esquerda, enquanto a ultradireitista Frente Nacional, segundo esses mesmos dados, não conseguiu entrar por enquanto nessa Câmara, da qual está ausente há 25 anos.

As pesquisas divulgadas no fechamento das urnas, que fazem projeções em nível nacional, antecipam uma hegemonia dos socialistas, que devem conseguir pelo menos 312 deputados, acima dos 289 necessários para a maioria absoluta na Assembleia, composta por 577 cadeiras.  

Mais conteúdo sobre:
Françaeleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.