Com apuração quase no fim, Bachelet lidera com 46,68%

A ex-presidente do Chile, Michelle Bachelet (centro-esquerda) lidera a apuração das eleições presidenciais chilenas com 46,68% dos votos, segundo o mais recente boletim da justiça eleitoral do país. A candidata conservadora Evelyn Matthei aparece em segundo lugar com 25,01%.

AE, Agência Estado

18 de novembro de 2013 | 03h01

Apurados os votos em 99,34% das seções eleitorais, os candidatos Marco Enríquez-Ominami e Franco Parisi também aparecem com votação expressiva, com 10,96% e 10,12% dos votos, respectivamente.

Os primeiros resultados começaram a ser divulgados pouco mais de uma hora depois do fechamento das urnas. A legislação eleitoral chilena proíbe a divulgação de pesquisas de boca-de-urna.

Caso o atual panorama permaneça inalterado, Bachelet e Matthei disputarão a presidência do Chile em segundo turno, previsto para 15 de dezembro.

Mais conteúdo sobre:
Chileeleiçõesapuração

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.