Com arritmia, Blair é medicado e já está bem

O primeiro-ministro britânico Tony Blair, de 50 anos, reclamou de palpitações ontem e passou seis horas em um hospital de Londres. Ele fez vários exames e foi constatada uma arritmia cardíaca. Medicado, Blair voltou para casa sentindo-se bem e alegre. O primeiro-ministro britânico costuma correr com freqüência para manter a forma. Em uma viagem aos EUA, ele e o presidente Bush exercitaram-se numa academia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.