Com dor de estômago, Blair é examinado mas mantém agenda

O primeiro-ministro britânico, Tony Blair, voltou a ter problemas de saúde. Blair sentiu dores de estômago durante a noite e chamou dois médicos para avaliar seu estado. Segundo a imprensa, o médico pessoal de Blair contactou um especialistas, temendo que se tratasse de uma crise de apendicite, mas a suspeita não se confirmou. Apesar das dores, Blair participou da habitual sessão semanal de seu gabinete nessa manhã. O premier, de 50 anos, foi internado em um hospital londrino há cinco semanas, após sofrer alterações nos batimentos cardíacos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.