Arquivo/Reuters
Arquivo/Reuters

Com menos espaço na TV, Capriles lança programa na internet

'Venezuela somos todos' irá ao ar às terças-feiras por meio do site Capriles TV

AE, Agência Estado

12 de junho de 2013 | 01h17

CARACAS - O ex-candidato à presidência da Venezuela e líder da oposição, Henrique Capriles, começou na terça-feira a emissão de um programa de televisão na internet, a fim de superar a suposta censura do governo sobre a mídia.

Capriles anunciou que o programa "Venezuela somos todos" vai ao ar às terças-feiras através do site "caprilestv".

Ele argumentou que procura superar "a dificuldade que temos de poder nos comunicar ao vivo com todos os venezuelanos e transmitir informações em tempo real."

Capriles disse que os novos proprietários da Globovisión haviam mandado limitar sua presença ao vivo na emissora. Os proprietários do canal, que durante anos foi o único a criticar o governo, negaram as acusações.

"É importante que a nossa voz seja ouvida em outros países", afirmou Capriles, acrescentando que vai enviar uma carta ao Papa Francisco para que ele "conheça bem a realidade" do país. O opositor disse também que, posteriormente, deverá pedir uma entrevista ao papa.

Segundo o ex-candidato, a recente compra da Globovisión e de outros meios de comunicação privados do país faria parte de um plano do governo para "deixar invisível" a oposição contra Nicolás Maduro.

Ainda na terça-feira, o Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela concluiu a auditoria sobre os resultados da eleição presidencial e anunciou que não detectou qualquer irregularidade. / AP

Mais conteúdo sobre:
VenezuelaHenrique Capriles

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.