Com o calor, alemães mantêm consumo de cerveja

Os alemães não economizaram na cerveja no quarto trimestre do ano, segundo mostram estatísticas divulgadas hoje. Graças a um verão de altas temperaturas, estancou-se o constante declínio na popularidade do fermentado, que é uma preferência nacional ? há alguns anos os produtores estão às voltas com uma persistente queda no consumo interno.A tendência de queda, que especialistas atribuem aos insuficientes índices de recuperação da economia alemã, foi exacerbada no primeiro semestre pela introdução de um complexo e impopular sistema de depósito de latas e garrafas.Mas os alemães beberam 2,96 bilhões de litros no período do julho a setembro deste ano ? a mesma quantidade do mesmo período do ano passado. Enquanto o sol de verão mantinha a cerveja jorrando na Alemanha, europeus sedentos levaram a um aumento de 18% nas exportações, nesse período, o que significou 380 milhões de litros vendidos no exterior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.