Com Obama, aumenta racismo nos EUA

Uma pesquisa divulgada pela agência Associated Press indica que o preconceito racial nos EUA aumentou durante a presidência de Barack Obama. De acordo com o levantamento, 51% dos americanos têm atitudes explicitamente racistas. Há quatro anos, esse número era de 48%. O racismo implícito subiu de 49% para 56%.

O Estado de S.Paulo

29 de outubro de 2012 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.