Com pompa, rainha Elizabeth 2ª recebe Obama em Londres

Visita oficial de três dias é vista como uma oportunidade de reforçar 'relação especial' entre Estados Unidos e Grã-Bretanha.

BBC Brasil, BBC

24 de maio de 2011 | 13h54

A visita oficial de três dias do presidente americano Barack Obama é vista na Grã-Bretanha como uma oportunidade de reforçar o que os britânicos chamam de "relação especial" entre os dois países. Mas no primeiro dia, a agenda se limitou a pompa e protocolos.

Barack Obama e a primeira-dama Michelle viajaram 12 horas antes do previsto para evitar a nuvem de cinzas vulcânicas no céu europeu.

Eles foram recebidos pelo príncipe Charles e pela sua esposa, a duquesa da Cornuália.

Em seguida, eles encontraram-se com a rainha Elizabeth 2ª e o duque de Edimburgo no Palácio de Buckingham. Lá dentro, eles conversaram com o príncipe William e Kate Middleton, duque e duquesa de Cambridge.

Visitas de Estado geralmente incluem um passeio de carro pela avenida principal, mas não no caso de Obama.

O Palácio de Buckingham disse que a agenda oficial americana era muito apertada, mas a segurança também foi uma das preocupações no protocolo.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.