EFE/EPA/SANJAY BAID
EFE/EPA/SANJAY BAID

Com quase 100 mil notificações, Índia tem novo recorde diário de casos de covid-19

País é o segundo mais afetado pela doença, atrás somente dos EUA, com 4,65 milhões infectados

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de setembro de 2020 | 12h29

NOVA DÉLHI - A Índia registrou neste sábado, 12, mais um recorde de casos diários de infecção pelo novo coronavírus, com 97.570, superando marca de dois dias atrás, que era, até então, a maior desde o início da pandemia da covid-19 no país.  Na quinta-feira, 10, segundo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde, tinham sido detectados 95.735 resultados positivos.

O número de casos no país desde o início da pandemia é agora de 4,65 milhões, o que mantém a Índia como o segundo mais afetado pelo novo coronavírus, atrás dos Estados Unidos, que tem 6,34 milhões, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Hoje, o Ministério da Saúde fez um alerta que, entre os contágios notificados neste último balanço, 60% se referem a apenas cinco dos 36 estados e territórios nacionais.

Maharashtra, cuja capital é Bombaim, teve nas últimas 24 horas mais de 24 mil casos de infecção, de acordo com as informações das autoridades do país. Os outros estados em alerta são Tamil Nadu, Andhra Pradesh, Karnataka e Uttar Pradesh.

A Índia, que vem aumentando a capacidade de realização de testes de diagnóstico, fez nas últimas 24 horas, ainda de acordo com dados oficiais, 1 milhão de exames.

No boletim de hoje, ainda constam novas 1.201 mortes por Covid-19, que elevam o total para 77.472. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.