Comandante americano confirma morte dos filhos de Saddam

Os filhos de Saddam Hussein, Uday e Qusay, foram mortos num confronto de seis horas com forças americanas nesta terça-feira, quando tropas dos EUA cercaram e invadiram uma propriedade na cidade de Mosul, no norte do Iraque, disse o general Ricardo Sanchez, em entrevista coletiva. ?Estamos certos de que Usay e Qusay foram mortos hoje?, afirmou. Sanchez disse que os dois filhos, que mantinham cargos importantes no regime de Saddam, foram identificados na cena do confronto, e os corpos, levados para Bagdá. Forças da coalizão ainda procuram por Saddam. ?Os cadáveres estavam em condições tais que permitiram a identificação?, disse o general aos repórteres. Quando o boato da morte dos filhos de Saddam chegou a Bagdá, tiros foram ouvidos em diversas partes da cidade, algo que as agências internacionais interpretaram como sinal de comemoração.

Agencia Estado,

22 Julho 2003 | 16h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.