Comandante das Forças Armadas da Colômbia renuncia

O comandante das Forças Armadas da Colômbia, general Jorge Enrique Mora, anunciou nesta quarta-feira sua renúncia ao cargo. O anúncio foi feito horas depois de o presidente colombiano, Alvaro Uribe, ter aceitado os pedidos de renúncia do comandante da Polícia Federal, general Teodoro Campo, e seus quatro principais auxiliares. Uribe também demitiu o chefe de polícia de Medellín, general Leonardo Gallego, em reação ao escândalo provocado pela revelação de que os principais comandantes da polícia comolbiana têm um estilo de vida muito mais caro do que seus salários permitiriam. A ministra da Defesa, Martha Lucia Ramirez, renunciou no último domingo e foi substituída por Jorge Alberto Uribe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.