Comandante já foi inspetor de segurança

O capitão Francesco Schettino, de 52 anos, comandante do navio de cruzeiro Costa Concordia, é de origem napolitana.

O Estado de S.Paulo

16 de janeiro de 2012 | 03h03

Na nota em que atribuiu ao comandante a culpa pelo naufrágio, a companhia marítima informou que ele entrou na empresa em 2002, quando começou a atuar como inspetor de segurança.

Ainda segundo a Costa Cruzeiros, Schettino ascendeu ao cargo de capitão em 2006, depois de ter sido submetido a todos os programas de formação requeridos para exercer a função.

Schettino nega ter cometido erros de manobra na região em que seu navio encalhou, pois, segundo ele, o rochedo contra o qual o navio bateu não constava de suas cartas náuticas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.