Comando americano anuncia morte de quatro soldados no Iraque

O comando americano anunciou neste domingo que quatro soldados das forças da coalizão multinacional liderada pelos Estados Unidos morreram no leste do Iraque em incidentes ocorridos nas últimas vinte e quatro horas.Dois deles são marines norte-americanos, que morreram neste domingo em decorrência de ferimentos sofridos em "ações inimigas" e "combates" com grupos armados na província de al-Anbar, indica um breve comunicado.Segundo a nota, um dos militares americanos havia se ferido esta manhã, e outro na sexta-feira passada.O comando americano também anunciou neste domingo que dois soldados das forças da coalizão morreram em Bagdá após a explosão de uma bomba em uma estrada do leste da capital.O texto não revela a identidade nem a nacionalidade dos dois últimos soldados. Dois oficiais da Polícia iraquiana foram assassinados a tiros neste domingo por um grupo de desconhecidos na cidade de Baquba, a 60 quilômetros ao nordeste de Bagdá, informaram fontes de segurança locais.Os dois tenentes, pertencentes à chefia da Polícia da província de Diyala, cuja capital é Baquba, foram mortos quando se dirigiam ao trabalho.Além disso, dois agentes da ordem ficaram feridos com gravidade após a explosão de uma bomba na passagem do veículo no qual viajavam na região de al-Baladiyat, indicaram as fontes.A rede de televisão iraquiana Al Sharquiya, que cita fontes de segurança da cidade de Karbala, a 110 quilômetros ao sul de Bagdá, informou que um oficial de Polícia foi assassinado a tiros no sábado à noite por dois homens em uma moto.O ataque foi cometido no mercado al-Harb, situado no centro de Karbala, afirmou a emissora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.