Combate entre soldados e guerrilha mata 14

Ao menos 13 membros do grupo radical islâmico Boko Haram e 1 soldado morreram ontem em combates na região noroeste da Nigéria. A informação foi divulgada pelo Exército nigeriano. O grupo insurgente Boko Haram, apelidado de "o Taleban da Nigéria", vem conduzindo uma sangrenta campanha de terror contra alvos cristãos no país. Do outro lado, as forças militares e policiais nigerianas são acusadas de sistemáticas violações dos direitos humanos na repressão à guerrilha. A Nigéria é o mais populoso país africano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.