Combate mata 5 soldados e 5 militantes na Chechênia

Cinco soldados russos morreram e seis ficaram feridos em confrontos com militantes na região separatista da Chechênia, na Rússia, segundo informações de autoridades russas. Este foi o incidente com o maior número de baixas nos últimos meses.

AE-AP, Agencia Estado

05 de fevereiro de 2010 | 16h14

O Ministério do Interior disse que autoridades locais também descobriram os corpos de cinco supostos militantes mortos no conflito.

O confronto ocorreu ontem à noite, nas proximidades de Shalazhi, uma vila no sopé das montanhas, onde os rebeldes se escondem, disse Magomed Deniev, porta-voz da divisão chechena do Ministério do Interior.

Hoje também, na província do Daguestão, leste da Chechênia, um policial foi morto nesta sexta-feira quando um artefato explosivo atingiu o veículo que ele dirigia, disse o porta-voz da polícia regional Mark Tolchinsky.

Os grandes confrontos entre forças russas e insurgentes na Chechênia chegaram ao fim no início da década, mas pequenos confrontos e a explosão de bombas colocadas à beira de estradas ainda persistem. A violência também se espalhou pelas regiões vizinhas no Cáucaso do Norte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.