Combate na fronteira com a Rússia mata 14

O governo da Geórgia disse ontem que suas forças enfrentaram uma intensa batalha na fronteira com a Rússia para libertar cinco camponeses georgianos mantidos reféns por militantes armados vindos da república russa do Daguestão. Três militares da Geórgia e 11 insurgentes foram mortos. As relações entre os governos russo e georgiano permanecem tensas desde que os países lutaram uma breve guerra por território em 2008. O governo da Geórgia afirmou que não culpa a Rússia pela incursão dos militantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.