Vadim Ghirda/AP
Vadim Ghirda/AP

Combatentes curdos retomam controle sobre Kobani, diz ONG

De acordo com organização, milicianos avançaram sobre duas importantes regiões da cidade síria perto da fronteira com a Turquia

O Estado de S. Paulo

26 de janeiro de 2015 | 10h19

LONDRES - Combatentes curdos da Unidade de Proteção Popular (YPG, na sigla transcrita do curdo) teriam retomado controle da cidade síria de Kobani, de acordo com nota emitida nesta segunda-feira pelo Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH). A cidade, que fica perto da fronteira com a Turquia, foi invadida no fim do ano passado pelo Estado Islâmico (EI).

Segundo a organização que monitora a guerra civil e outros conflitos na Síria, milicianos da YPG liderados por Mahmoud Barkhadan avançaram sobre as regiões de Kani Erban e Maqtalah. Os jihadistas do EI recuaram para uma faixa na periferia da zona oeste da cidade.

A entidade com sede na Grã-Bretanha informa ainda que, segundo fontes, o EI mandou um batalhão com 140 combatentes - a maioria com menos de 18 anos - para as linhas de frente da batalha. Ao menos seis deles morreram.

De acordo com a nota do OSDH, os combatentes curdos, apoiados por outras milícias rebeldes sírias, pode assumir o controle da cidade de Mamid, a sudoeste de Kobani.

"O Estado Islâmico está à beira da derrota", disse à agência Associated Press Idriss Nassan, autoridade curda, falando da Turquia. "Suas defesas desmoronaram e os combatentes fugiram." / COM AP

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaTurquiaKobani

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.