Combater civis americanos é dever religioso, diz clérigo

Um destacado clérigo islâmico egípcio declarou que o combate a civis americanos no Iraque é um dever de todos os muçulmanos. Os civis são considerados uma base de apoio para a ocupação do país árabe por forças lideradas pelos Estados Unidos. O xeque Youssef al-Qaradawi, que atualmente vive no Catar e é bastante respeitado no mundo muçulmano, fez a declaração na terça-feira, durante uma conferência organizada pelo sindicato dos jornalistas do Cairo. Seus comentários foram divulgados hoje pelo jornal egípcio Al-Masri al-Youm, pelo diário pan-árabe Al-Hayat e por páginas islâmicas na internet. "Combater civis americanos no Iraque é um dever de todos os muçulmanos", declarou o clérigo, citado pelo Al-Hayat. "Os americanos no Iraque são todos combatentes e invasores. Não existe diferença entre civis e militares americanos no Iraque." Al-Qardawi deixou o Cairo nesta quinta-feira e não foi encontrado para comentar o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.