Combates deixam 17 soldados israelenses feridos no sul do Líbano

Pelo menos 17 soldados de Israel ficaram feridos hoje nos combates ocorridos no sul do Líbano contramilicianos da guerrilha xiita Hezbollah, informou hoje a emissora de TV israelense "Canal 1". A emissora afirma que cinco dos feridos encontram-se em estado grave, embora não tenha mencionado a existência de vítimas fatais, como noticiaram vários veículos da imprensa ao longo do dia. Os feridos foram transferidos aos hospitais Rambam, em Haifa, e Al-Ziff, na cidade de Safed. Ao longo do dia, foram registrados intensos combates armados entre forças do Exército israelense e membros do Hezbollah nas aldeias do sudeste libanês de Aita al-Shaab e Dbel. Desde o início do conflito, no dia 12 de julho, 67 militares israelenses e 36 civis morreram em combate ou em ataques de foguetes disparados pelo Hezbollah. Do lado libanês mais de mil civis morreram ao longo dos 29 dias de combates. Além disso, o Exército israelense afirma ter causado pelo menos 475 baixas no Hezbollah.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.