Combates deixam 17 soldados mortos no Afeganistão

Dezesseis soldados afegãos e um francês morreram e cerca de 40 outros militares ficaram feridos em dois tiroteios no sul do Afeganistão, informam autoridades afegãs e da coalizão internacional. Em uma das batalhas, na província de Helmand, 13 soldados afegãos forma mortos e 15 ficaram feridos numa troca de tiros que se estendeu por oito horas, de acordo com o general Zahir Azimi, porta-voz do Ministério da Defesa. Ainda de acordo com o general, nove militantes do Taleban também morreram. A segunda troca de tiros também ocorreu em Helmand , e nela morreram o militar francês e três soldados afegãos, de acordo com informações prestadas pela coalizão liderada pelos Estados Unidos. Entre os feridos na segunda batalha estão um francês e um americano, disse o capitão Drew Gibson, porta-voz das Forças Armadas britânicas.As forças atacadas pelo Taleban na província de Helmand eram parte da Força-Tarefa Fênix, que atua no treinamento de soldados afegãos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.