Combates deixam 27 guerrilheiros mortos no Sri Lanka

Pelo menos 27 guerrilheiros do grupo Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE) morreram em combates com o Exército cingalês no leste do Sri Lanka, informou nesta sexta-feira uma fonte Militar. O porta-voz das Forças Armadas informou que dois dos combates aconteceram na quinta-feira, nas localidades de Madurankerni e Kadamuruvikulam, no leste do Sri Lanka, e causaram a morte a 18 guerrilheiros. Poucas horas depois, em Kadjutwatta, também no leste, "as tropas mataram mais nove rebeldes que tentaram atacar as forças do governo", disse o porta-voz. Os combates aconteceram no mesmo dia em que o presidente Mahinda Rajapaksa pediu à guerrilha que renuncie à violência e retome o diálogo, após o fracasso das conversações de paz de outubro, em Genebra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.