Combates deixam 32 mortos em Rastan

Combates entre rebeldes e as forças do regime de Bashar Assad deixaram ontem ao menos 32 mortos, disseram ativistas. Os confrontos mais sangrentos ocorreram na cidade de Rastan, centro, onde forças da oposição disseram que os rebeldes mataram 23 soldados após um intenso bombardeio ter matado 9 civis. A Arábia Saudita, por sua vez, afirmou ontem que a persistente violência na Síria está afetando o plano de paz da ONU e da Liga Árabe estipulando uma trégua e o início do diálogo entre as partes em conflito.

O Estado de S.Paulo

15 Maio 2012 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.