Combates deixam dez mortos na Caxemira

Combates entre Forças Armadas da Índia e insurgentes islâmicos na região da Caxemira deixaram ao menos quatro soldados e seis rebeldes mortos. Os combates começaram na manhã de sexta-feira, numa área de floresta densa, quando policiais e soldados, seguindo informações de que terroristas estariam escondidos na região, deram início a uma operação para tentar capturá-los. Disparos intermitentes ainda foram ouvidos na manhã deste domingo.

AE-AP, Agencia Estado

22 de março de 2009 | 05h13

Aproximadamente uma dezena de grupos rebeldes islâmicos tem lutado pela independência da Caxemira ou sua união com o vizinho Paquistão. Mais de 68 mil pessoas, muitas delas civis, foram mortas pelos conflitos desde 1989. Índia e Paquistão disputam a Caxemira desde 1947 e, embora tenham assinado um cessar-fogo na fronteira em 2003, desde então 58 confrontos armados ocorreram na região, 34 deles no ano passado, a maioria devido à ação de grupos armados paquistaneses que tentam derrubar o controle indiano de sua parcela deste território.

Tudo o que sabemos sobre:
Caxemiraconfronto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.