Combates deixam pelo menos 21 mortos em Darfur

Enquanto sul do país se prepara para independência, combates em província do leste têm aumentado desde novembro.

BBC Brasil, BBC

22 de janeiro de 2011 | 10h00

União Africana tem reportado aumento de combates em Darfur

Pelo menos 21 pessoas morreram em combates entre tropas do governo e forças rebeldes na região de Darfur, no leste do Sudão, na sexta-feira.

Um porta-voz do Exército sudanês disse que os combates, em uma das principais rodovias que ligam o norte e o sul do país, duraram horas e resultaram na morte de 13 rebeldes e oito soldados.

Há relatos de que dois grupos rebeldes participaram da ação: o Movimento pela Justiça e Igualdade e uma das facções do Exército de Liberação do Sudão.

Desde o início da rebelião em Darfur, em 2003, as estimativas são de que pelo menos 300 mil pessoas já morreram. Há negociações em andamento entre grupos rebeldes e o governo na cidade de Dohar, mas não há ainda sinais de um acordo de paz.

Em seu último relatório sobre Darfur, a União Africana (UA) observou um aumento nos combates entre Exército e rebeldes armadas desde novembro. A maior parte deles não é reportada, e resulta em relativamente poucas mortas, afirma o documento.

O editor de África da BBC, Martin Plaut, avaliou que os conflitos não ocorrem na mesma escala dos primeiros anos da guerra civil, mas ainda assim têm um efeito "imenso" sobre a população.

Desde outubro, cerca de 40 mil pessoas foram obrigadas a deixar suas casas.

As tropas conjuntas da União Africana e da ONU, que contam com cerca de 17 mil soldados em Darfur, dizem manter uma "presença robusta" em campo para evitar mais violência.

Entretanto, mesmo para as tropas internacionais, a movimentação é restrita, por causa dos inúmeros postos de checagens montados tanto por parte do governo quanto de rebeldes.

Para o editor da BBC, enquanto o sul do Sudão caminha para a independência - através do referendo popular da semana passada -, o futuro da província semi-desértica de Darfur permanece sob a sombra da guerra.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
sudãoreferendodarfurcartum

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.