Combates em Tiro deixam sete libaneses e um israelense mortos

Pelo menos sete libaneses, entre eles ummilitar, morreram nos ataques de Israel nas últimas horas contra a cidade de Tiro, a mais populosa do sul do Líbano. Durante os combates em Tiro, um soldado israelense foi morto, informaram fontes militares.O soldado libanês morto fazia parte da guarnição da bateria antiaérea que abriu fogo na madrugada deste sábado (horário local) contra comandos israelenses, confirmaram fontes militares libanesas no sul do país. No mesmo ataque, que o grupo xiita libanês Hezbollah garante ter rechaçado, morreram quatro civis, acrescentaram as mesmas fontes. Horas depois, já de manhã, um projétil israelense atingiu uma moto que passava pela cidade e matou duas pessoas. Segundo a polícia libanesa, as baterias antiaéreas reagiram pouco depois de meia-noite, quando helicópteros israelenses lançaram quatro projéteis contra a entrada norte de Tiro.Morte de israelenseUm soldado israelense morreu na localidade libanesa de Taibe, e outros oito foram feridos noscombates travados entre tropas de Israel e milicianos do Hezbollah na cidade de Tiro, informaram fontes militares. A operação em Tiro, cujo objetivo não foi revelado, foi executada por comandos de elite do Exército israelense. Segundo fontes libanesas citadas pelo site do jornal Yedioth Ahronoth, os comandos tentaram localizar e neutralizar as plataformas de lançamento de foguetes de longo alcance do Hezbollah.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.