Combates entre rebeldes curdos e forças turcas matam dez

Duas operações realizadas neste domingo, 15, pelas forças de segurança no sudeste da Turquia deixaram pelo menos nove insurgentes curdos e um soldado curdo mortos, segundo informações da imprensa local nesta segunda-feira, 16.Uma unidade militar que patrulhava a região entre as localidades de Hozat e Ovacik, na montanhosa província de Tunceli, enfrentou no domigo um grupo do proibido Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).No enfrentamento, que continuava pela manhã desta segunda, morreram um sargento e seis curdos, segundo a agência de notícias turca Anatólia.Em outra operação, as tropas turcas inspecionavam a zona rural de Semdinli, na província de Hakkari, quando encontraram outro grupo do PKK, produzindo-se um violento choque que acabou com a vida de outros dois curdos.O chefe do Estado-Maior, general Yasar Büyükanit, tinha informado sobre o posicionamento de uma série de operações militares em grande escala no sudeste do país, a fim de impedir a infiltração de membros do PKK desde o norte do Iraque.Segundo Büyükanit, dentro desta ofensiva na semana passada morreram dez militares e 29 rebeldes curdos.O PKK, que o ano passado declarou um cessar-fogo unilateral, pegou em armas em1984 para reivindicar a autonomia política de 15 milhões de curdos e desde então mais de 35.000 membros desta etnia morreram em uma guerra não declarada com a Turquia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.