Combates no Sri Lanka deixam 80 mortos e 300 feridos

Cerca de 80 pessoas morreram no norte doSri Lanka e mais de 300 ficaram feridas num combate entre forças governamentais e os Tigres para a Libertação da Pátria Tâmil (LTTE),informou o Exército cingalês. Segundo fontes oficiais, as baixas incluem 22 mortos e cerca de 110 feridos entre os rebeldes. A versão contrasta com a do LTTE, que afirma ter encontrado os corpos de 75 soldados cingaleses perto do distrito de Kilali, no território controlado pela guerrilha. O mediador de paz norueguês, Jon Hanssen Bauer, vai ao país na próxima semana para negociar um ambiente que permita retomar as conversas entre o LTTE e o governo. A embaixada japonesa também anunciou que seu enviado especial para a paz, Yasushi Akashi, chegará no domingo a Colombo. Governo e LTTE aceitaram recentemente se reunir em Genebranos dias 28 e 29 de outubro para dialogar. Porém, nas últimas horas o Exército iniciou uma dura ofensiva na península de Jaffna, nonorte da ilha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.